quinta-feira, 20 de Fevereiro de 2020

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
11-02-2020
Transportes públicos
Indra implementa sistema de bilhética em Amesterdão
A Indra implementou 130 máquinas automáticas de venda de títulos de transporte, tornando o sistema de bilhética de Amesterdão mais ágil, inovador e acessível. Estas máquinas permitem o pagamento em dinheiro e com cartão nas estações de metro, bem como equipamentos de pagamento apenas com cartão, tanto no metro como nas paragens de autocarros e elétricos.

Amesterdão junta-se assim a mais de 100 cidades em todo o mundo que utilizam as soluções da Indra para melhorar a mobilidade urbana, para que, tanto os cidadãos como os numerosos turistas que visitam a capital dos Países Baixos, possam desfrutar de soluções pensadas para responder às suas necessidades e que lhes permitam adquirir os bilhetes de transporte de forma mais intuitiva, cómoda e ágil. É também melhorado o fluxo de viajantes e serviço de transporte.

A Indra conseguiu adaptar 100% da solução ao projeto proposto pela GVB, empresa de transporte da capital dos Países Baixos, completamente centrado na melhoria da experiência do utilizador. “O projeto foi igualmente implementado num tempo recorde, com a máxima satisfação do cliente, com a fiabilidade da tecnologia Indra e com o aval de inúmeras e importantes referências em todo o mundo”, explica a Indra em comunicado.

A empresa pormenoriza ainda que “o projeto foi um verdadeiro desafio, tendo em conta o seu design complexo e a sua adaptação ao standard nacional da Translink, baseado num cartão de transporte único OV-ChipKaart e na inclusão de dispositivos com os quais já se havia trabalhado anteriormente. O standard Translink é utilizado em todas as operadoras de transporte nos Países Baixos, abrindo a porta a futuras oportunidades de negócios da Indra em todo o país, ao ser um produto desenvolvido potencialmente válido para toda a rede de transporte holandesa”.

Recentemente, a Indra recebeu também um contrato nos Estados Unidos para implementar um sistema avançado de portagens com inteligência artificial, que também faz parte da sua gama de soluções Mova Collect, que permitirá gerir a autoestrada I-66 Outside the Beltway com um inovador sistema de tarifação dinâmica.
A Indra também ganhou importantes contratos para implementar a sua tecnologia nas estradas de Queensland (Austrália), para a gestão dos túneis de Londres ou da Highways England, a entidade pública responsável pela operação, manutenção e melhoria das estradas estratégicas em Inglaterra.

Em Portugal a empresa venceu em 1999 o concurso de renovação de todo o sistema de bilhética do Metro de Lisboa e mais tarde foi também responsável pela implementação do sistema de bilhética sem contacto nas novas estações das linhas vermelha e azul, inauguradas a 2012 e 2013.
por: Sara Pelicano
Tags: Amesterdão   Bilhética   INDRA  
328 pessoas leram este artigo
35 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA