segunda-feira, 26 de Outubro de 2020

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
09-03-2020
Impacto do Corona Virus
Setor do turismo rodoviário apela a medidas do Governo
O surgimento do Corona Virus na Europa está a afetar profundamente o mercado do turismo rodoviário de passageiros. Em todo o Continente Europeu, são milhares, os autocarros parados devido à quebra no turismo, e o impacto já chegou a Portugal. Cerca de 60 empresas do setor, emitiram um comunicado onde revelam que “a reação internacional ao aparecimento do Covid-19 ou Corona Vírus provocou um alarme geral que inibiu a circulação de pessoas e colocou todas as empresas de autocarros de turismo de Portugal num cenário de falência em poucos meses. Estão em risco milhares de postos de trabalho e milhões de euros de património dos investidores, dos bancos e dos próprios contribuintes”.
As empresas pedem que é necessário um plano de intervenção rápida, com a coordenação do Governo e participação ativa de associações representativas dos empregadores e sindicatos dos motoristas e demais entidades ligadas ao turismo. Neste sentido, apela à Tutela que convoque todos os envolvidos e implemente um conjunto de medidas que deverão passar pela criação de medidas imediatas de proteção dos motoristas, com apoios excecionais que permitam a manutenção do maior número de postos de trabalho; definição de regras específicas para o transporte de passageiros em cenários como o atualmente criado pelo Covid-19; apresentação dum discurso de conforto perante clientes e fornecedores, que enquadre a viagem de autocarro de turismo num quadro de normalidade semelhante ao dos restantes transportes públicos; e revisão do quadro legal do transporte de passageiros, com vista à valorização do setor perante clientes, fornecedores e autoridades.
Segundo o comunicado, “as empresa aqui representadas são essencialmente pequenas empresas, de cariz familiar, com altos investimentos pessoais e forte relação direta com os seus trabalhadores. A falta de ação das associações representativas dos empregadores, dos sindicatos e do Governo, que tem sido o tom ao longo dos anos por razões políticas e ideológicas, não tem agora qualquer tração com a realidade atual e preocupa-nos profundamente”.
Os signatários do comunicado anunciaram que no próximo dia 10 de abril irão reunir, em Pombal, com vista à coordenação deste alerta aos portugueses.
por: Pedro Pereira
1021 pessoas leram este artigo
483 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA