quinta-feira, 22 de Outubro de 2020

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
22-04-2020
Cerca de 450 trabalhadores
Patinter aderiu ao regime de lay-off
A Patinter, o maior operador português de transporte rodoviário de mercadorias, tem cerca de 450 trabalhadores (de um total de cerca de 1000) em regime de lay-off. Em declarações à Lusa, Pedro Polónio, diretor da Patinter e atual presidente da ANTRAM, referiu que o lay-off foi “a forma mais inteligente de proteger os postos de trabalho”. Segundo o responsável, “infelizmente somos uma empresa que trabalha muito na área do transporte internacional e também muito com a indústria automóvel, que foi das mais afetadas”, adiantando que “a larguíssima maioria das fábricas de produção automóvel está ainda parada por toda a Europa". Polónio salienta que o lay-off “foi requerido pelo prazo de 30 dias, sem prejuízo de parte ou a totalidade dos trabalhadores poderem vir a ser retirados deste regime quando as condições de trabalho assim o determinarem, ou seja, quando os nossos clientes nos pedirem trabalho que justifique a colocação dos camiões na estrada". No entanto, Pedro Polónio disse também que existem áreas da empresa que não foram afetadas, nomeadamente o transporte nacional, a distribuição alimentar e o transporte de contentores de e para os portos: “Aí está tudo a andar o mais normal possível e há uma parte que está a andar também no (transporte) internacional. Mas é uma evidência que, não havendo trabalho para todos, não nos restou outra alternativa".

por: Pedro Pereira
1035 pessoas leram este artigo
439 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA