1/16/2020

BA5 de Monte Real equacionada

Coimbra discute com Governo construção de aeroporto na região Centro

Manuel Machado, presidente da Câmara Municipal de Coimbra e da Comunidade Intermunicipal de Coimbra, vai reunir-se com Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas e da Habitação, para discutir a localização e construção de um aeroporto para tráfego civil na região centro de Portugal.

Em reunião camarária, na passada segunda-feira, Manuel Machado referiu que “a localização do novo aeroporto já está de algum modo definida, no âmbito dos mesmos estudos já efetuados, que apontam para uma área situada a sul de Coimbra e a norte de Leiria”. Todavia, escreve o Diário de Leiria, o responsável recusou-se a especificar a zona para “não induzir a especulação imobiliária”.

De acordo com Manuel Machado, “há prejuízo para a região a inexistência de uma infraestrutura aeroportuária (...) perante a evidência de que Monte Real não é alternativa”, tal como não é o aeródromo Bissaya Barreto, em Coimbra. Esclarece o autarca que a transformação de qualquer uma das infraestruturas já existentes implicaria investimentos superiores do que a construção de uma nova unidade aeroportuária.

A existência de um aeroporto na região centro é defendida pelo facto desta região estar “cada vez mais longe de Lisboa e do Porto (a distância é a mesma, mas o tempo de viagem é cada vez maior)”, afirmou Manuel Machado, sublinhando ainda que esta “é uma das poucas regiões da Europa sem serviço aeroportuário”.

Ainda nesta reunião de câmara, destaque para a intervenção do vereador da CDU, Francisco Queirós, que, sem colocar em causa a construção de um aeroporto na região centro, alertou que “a grande prioridade deve ser a ferrovia”, sobretudo numa região onde há cerca de uma década foram desativados e removidos os carris do Ramal da Lousã.

Por: Pedro Venâncio
Fonte: